Livro: Billy e Eu (Billy & Eu)

Giovanna Fletcher é uma escritora. Além disso, ela é mãe, apoiadora de grandes causas, youtuber nas horas vagas… Giovanna Fletcher, nascida Falcone, por acaso também é a mulher do vocalista da banda McFly (agora McBusted) Tom Fletcher, mas eu achei que seria injustiça começar o texto chamando-a de mulher-do-fulano, já que aqui vamos falar sobre o livro dela.

Não vou mentir: foi por causa do Tom que eu a conheci, em primeiro lugar, mas quem ganhou meu coração foi a Gi, dos vlogs, dos posts engraçados no Instagram e das entrevistas em que ela demonstra ser aquele tipo de pessoa que a gente adoraria ser amigo. A Giovanna é bem engraçada, humilde, tranquilona, amante de Nutella e café que nem a gente ❤ Para quem ainda não entendeu, eu adoro a Gi; mas não se preocupem, esta será uma resenha totalmente imparcial, e eu prometo dar as minhas opiniões sinceras sobre a estréia literária dela.

IMG_4452

A Editora Phorte foi quem teve a iniciativa de trazer Billy e Eu para o Brasil. (Eu gostaria de abrir um parêntesis aqui para dizer que fiquei decepcionada com alguns comentários que li criticando a edição brasileira. A Editora Phorte é, pelo pouco que vi, um selo novo comparado a outras Editoras que estão no mercado há mais tempo, e que tem um catálogo focado em gêneros literários diferentes do chick lit. O que eu percebo aqui é um esforço, uma tentativa de atingir um público diferente que deveria ser elogiada e incentivada. A edição brasileira não deixa nada a desejar. Tem uma capa bonita, grossa, fiel à original e eu não me lembro de notar nenhum erro de português que atrapalhasse minha leitura (o que as vezes encontro em publicações de Editoras muito mais tradicionais…)

(esse desabafo vai ficar parecendo puxação de saco mas não me importa, eu precisava falar. Claro que eles não me pagaram nada para falar isso, eu que desembolsei quase 50 dilmas para mandar buscar esse livro. Continuem lendo e vocês verão minhas impressões reais sobre ele.)

O QUE ESPERAR, AMIGA? VALE A PENA?

Billy e Eu gira em torno do cotidiano de Sophie May… E Sophie May tem a personalidade de 90% das mocinhas românticas: normal, sem auto-estima, perdida em uma cidade do interior, que passa despercebida por todo mundo. E o que acontece com essas pessoas que querem se isolar de todos? SIM, elas atraem as atenções dos homens-mais-incríveis-do-mundo, e é o que ocorre com Sophie May, em um de seus turnos no Tea-On-The-Hill (sim, ela também tem o emprego padrão das mocinhas comuns: garçonete). Ela conhece Billy Buskin, um galã de cinema perfeito, que percebe que Sophie May é o amor de sua vida e a convence a se mudar para Londres para que os dois possam ficar mais tempo juntos. Esse livro é sobre Sophie May e sua adaptação a vida como namorada de Billy. Ponto.

O que esperar? Hm, um livro bom. Ok. Exatamente na média. Deu para ver por toda a introdução que fiz falando da Giovanna que eu realmente esperava amar esse livro, mas não amei. É o primeiro livro da carreira dela como escritora, então precisamos levar isso em consideração também.

Essa história é tudo aquilo que você espera de um chick lit clichê, com um final previsível e meio morno. E não é frescura minha não, viu? Meus critérios nem são muito altos… Tenho que admitir que fiquei meio triste com essa decepção. O romance entre Sophie & Billy é apenas um pequeno pedacinho de uma história muito maior, então não vá na expectativa de encontrar uma história de amor de tirar o fôlego. Na verdade as páginas se focam muito mais no drama vivido por Sophie… A partir do momento em que ela vai morar com Billy, vários de seus fantasmas do passado voltam para assombrá-la, relacionados a um trauma que ela viveu quando era menor.

Para mim, esse foi justamente o pecado da Giovanna… Ela escolheu talvez ir pelo caminho mais fácil de capturar o leitor pelas lágrimas de tristeza, quando poderia ter optado em desenvolver melhor o relacionamento do casal principal ou poderia ter explorado de uma maneira mais positiva os problemas da Sophie.

Se vale a pena? Acredito que para maioria das pessoas, sim. Por algumas resenhas que li, esse livro agradou muita gente, então talvez seja uma questão de gosto pessoal… Sei que histórias que apelam para um lado mais melancólico do romance, como a desse livro, vendem muito bem. Acredito que as pessoas gostam de ver as outras superando dificuldades… Se esse for o seu caso, dê uma chance. É sempre bom ter um primeiro contato com autores novos e, a partir daí, decidir se a gente gosta ou não deles. Não dá para falar sem antes experimentar.

IMG_4460

JÁ LEU? VAMOS COMENTAR? (cuidado, pode conter SPOILERS!)

.

.

.

.

.

Vamos! Acho que já ficou claro que eu coloquei esse livro em um pedestal e acabei quebrando a cara… Não vou mentir, achei a Sophie May muito chata e infantil, e a história do amor à primeira vista dela pelo Billy meio sem pé nem cabeça. Fiquei com a mesma sensação que tive ao assistir ao filme Pedido de Amizade, que comentei aqui algum tempo atrás… É um amor que aparece do nada, e que deixa a gente com a sensação de que não vai durar muito!

Meu problema não são com histórias comuns… Acho que se elas forem contadas direito, com detalhes e cores novas, conseguem ficar tão interessantes quanto uma história inédita. Cabe a cada escritor dar o seu toque, e o meu problema maior com Billy e Eu foi que não senti nenhum traço da Gi que ela demonstra ser na internet. Parecia um livro genérico, escrito por qualquer um. Para dizer que não senti nada, senti sim, um esforço desnecessário dela em dar uma “reviravolta emocionante” no enredo com a morte da personagem Molly. Ficou difícil de levar o livro muito a sério…

Mas pelo menos o casal teve um final feliz! Eba! Rsrsrs… Para compensar o sofrimento das páginas anteriores… E vocês, o que acharam? Vamos comentar juntos?

Apesar de tudo, acho que vou dar outra oportunidade para os novos livros da Giovanna. ENo Reino Unido ela já lançou outros dois, You’re The One That I Want e Dream A Little Dream… Pelas sinopses, provavelmente vou gostar mais deste ultimo. Espero que a Editore Phorte continue a publicá-la, gostaria de ver mais material da Gi por aqui!

Billy e Eu

De Giovanna Fletcher

Editora Phorte

365 p

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s