TV: The Keepers – Netflix

Os posts mais acessados aqui do blog com certeza são resenhas de conteúdo da Netflix. Infelizmente, não sei se essas visitas acontecem antes ou depois de vocês verem o que eu estava recomendando… Mas, se você chegou aqui se perguntando se deveria ou não colocar The Keepers na sua lista, vou ser direta: com certeza. É imperdível. Um dos seriados mais bem produzidos dos últimos tempos…

486751c6f7cf285d_Keepers_US

Nem sei se deveria mesmo chamar The Keepers de “seriado”… Ele é um híbrido de documentário e série de TV, dividido em sete episódios, que foram dirigidos pelo Ryan White, o mesmo responsável pelo sucesso Making a Murderer. Na minha singela opinião, The Keepers é muito melhor do que MAM (e fico muito triste de saber não está recebendo tanta atenção quanto ele), além disso, abrange um tema mais urgente e é muito mais doloroso de assistir.

Pensando melhor, talvez TK não esteja tão em evidência por tocar em um assunto que ainda é um pouco “tabu”: religião. Se você ainda não viu a sinopse, The Keepers conta a história de duas mulheres, Gemma e Abbie, que começam a investigar a morte de uma freira chamada Cathy Cesnik, na cidade de Baltimore, que ocorreu quase cinquenta anos atrás. As mulheres eram alunas de Cathy em uma escola católica apenas para garotas, e estão determinadas a finalmente descobrir quem tirou sua vida.

Mas a realidade é que a morte de Cathy é apenas a ponta do iceberg, que esconde uma trama muito mais suja por debaixo. Evitando spoilers, o que eu posso dizer é que, na busca pelos assassinos da freira, serão expostos inúmeros casos de abuso sexual que ocorriam no colégio onde ela lecionava. E essa é uma grande parte do enredo.

Trailer legendado retirado do canal “Trailers de Filmes” no Youtube.

The Keepers é como uma volta em uma montanha russa, só que no parque de diversões do terror. É impossível não se comover e sentir a dor daquelas mulheres. É muito pesado, tanto que na metade do documentário tive que fazer uma pausa para processar tudo. Chorei diversas vezes e até mesmo me perguntei se deveria continuar, mas percebi que as pessoas precisam ouvir essa história. Se as sobreviventes tiveram coragem de narrá-la, então nos precisamos deixá-las causar aquele impacto em nós.

Nós entramos em seus mundos e vivemos o que elas viveram. Aprendemos com elas. Fazemos um verdadeiro exercício de nos colocar na pele dos outros e a compreender as decisões dos outros sem julgar. E, por fim, entendemos que, juntos, podemos fazer a diferença. Ainda existe muito mal nesse mundo, por isso levantar a nossa voz e nos unirmos pode fazer a diferença. Todas as mulheres que fizeram parte desse documentário são as minhas heroínas. Inclusive Cathy, que deve estar muito orgulhosa do que suas alunas foram capazes de fazer por ela.

Então vejam The Keepers. E falem sobre The Keepers. E recomendem The Keepers. Vamos fazer um grande barulho para que ela alcance o maior número possível de pessoas.

The Keepers 

2017

Disponível na Netflix

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s